Projeto da Fundação Leon XIII

Sabemos que existem diversos projetos espalhados pelo mundo e cada com sua finalidade. O foco principal do projeto da Fundação Leão XIII é proporcionar as comunidades mais carentes, o acesso a melhor qualidade de vida, cultura e desenvolvimento pessoal.

Estamos na ativa desde o ano de 1996 e neste meio  já conseguimos impactar positivamente a vida de milhares de pessoas, em diversas regiões do mundo. Em alguns vilarejos, percebemos que o povo daquele lugar tem os seus próprios costumes, e não é o foco do nosso projeto intervir neste quesito. Algo bastante comum a todas as culturas, é a música, que está sempre presente em suas vidas.

Ela é por sua vez, executada nos mais diversos instrumentos, como violão, guitarra, banjo, bateria e assim por diante.

Podemos notar uma semelhança entre as pessoas que com quem trabalhamos e achamos de fato bastante interessante, que o gosto e desejo de saber como aprender a tocar violão.

Isso é fantástico, pois como bem sabemos a música tem um tempero especial capaz de alegrar a vida de qualquer ser humano. Agora imagine se essas pessoas, que habitam regiões tão remotas, tivessem a oportunidade de fazer um curso de violão online completo?

Temos certeza que seria algo transformador na vida dessas pessoas.

 

Dignidade humana

Para algumas pessoas, mesmo em meio aos caos, é possível enxergar um futuro promissor e deixar a mente completamente livre para os pensamentos mais distante da realidade atual que a mente é capaz de proporcionar.

Temos estes exemplos bem próximos do nosso cotidiano. Pare um momento e pense na letra de uma música que você goste muito e será capaz de perceber a capacidade que ela tem de te transportar com uma leveza indescritível para, podemos assim dizer, outra dimensão.

É este mesmo brilho que vemos diariamente nos olhares das pessoas com quem trabalhamos e é este mesmo brilho que mantem este projeto, que teve sua origem no México, vivo até os dias atuais.

 

Acesso ao mundo moderno

Acredite muitas dessas pessoas não sabem nem o que é computador. Lembra que mencionei acima se essas pessoas pudessem aprender violão online?

Pois é, graças ao Projeto Fundação Leon XIII, várias pessoas já estão tendo acesso a internet e algumas começaram até a estudar e sonham em poder continuar neste caminho, como é o caso de três jovens da comunidade Santo Domingo Amenta, Oaxaca: Rosana, Beatriz e Sureima.

 

Grupo “Escalando”

Para explicar este conceito vamos fazer a analogia de músicas que possuem as suas bandas há 10, 20, 30 anos e até hoje continuam na ativa tocando seus instrumentos e realizando shows. Já reparou que este é o estilo de vida dessas pessoas? É o que elas vivem.

Da mesma forma é para os integrantes do grupo Escalando, este é o ideal de vida para eles.

Esta é a filosofia da vida de Carmela, Valoy, María, Graciela e Norma, as cinco mulheres de Santo Domingo Armenta que conseguiram transformar os desafios em oportunidades e problemas em inspiração.

Dentre os vários projetos culturais já implementados para estas comunidades, um deles é um cybercafe, projetado para ajudar os jovens a fazer seus deveres de casa. “No início, não sabíamos como mover uma máquina. Nos dias atuais temos as contas do Banco de Poupança e até temos uma página no Facebook “.

Diversas pessoas também já conseguiram ter o seu próprio empreendimento, como padarias, lanchonetes, papelarias. Só não vimos ainda, até o momento presente, uma escola de música. Mas pelo andar da carruagem, é provável que logo logo vai brotar um professor de música com garra para lançar um projeto musical para essas comunidades carentes.

Compartilhe

Bom meus amigos, por hoje era isso. Espero que tenhamos conseguido esclarecer um pouco sobre o propósito do projeto Fundação Leon XIII e gostaríamos de poder contar com a sua ajuda para compartilhar nosso site com seus amigos e familiares, assim podemos alcançar cada vez mais pessoas interessadas em contribuir com nossa ideia.

E se por acaso você também deseja aprender mais sobre como tocar violão, visite: https://tocandocomestilo.com/

Um abraço!